segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Inteligência Relacional

A inteligência relacional é capacidade de estabelecer vínculos afetivos saudáveis e manter relacionamentos funcionais, verifica-se a qualidade das relações que estabelecemos com pessoas importantes da nossa vida, é diferente da inteligência cognitiva e emocional.

Coeficiente Relacional Alto  caracteriza-se  quando uma pessoa consegue estabelecer e manter  relacionamentos cheios de vigor, criatividade e estímulo tanto  para si como para os outros, São relacionamentos funcionais e construtivos, onde são atendidas as necessidades emocionais de um ou do outro .

Coeficiente Relacional Baixo caracteriza-se  quando uma pessoa estabelece relacionamentos tóxicos e nocivos, cuja base é o abandono emocional, assédio moral e psicológico, desrespeito de si mesmo ou do outro. São relacionamentos disfuncionais e  desérticos, onde não são atendidas as necessidades emocionais de todos os componentes da relação.
By Psicóloga e Palestrante Lilian Ramos
contato@lilianramos.com.br
(41) 3262-8297/ 3263-2080

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Psicoterapia

A Psicoterapia é um instrumento para ajudar  a identificar pontos positivos na sua personalidade que possam ajudá-lo a solucionar dificuldades atuais, de tal sorte que consiga se autogerenciar de forma satisfatória.

O foco da terapia deve ser o autodesenvolvimento, com o aprendizado de novos padrões de comportamento,  para   viver em equilíbrio.

Um dos principais objetivos da psicoterapia é ajudar a ter  uma visão multifocal e uma melhor compreensão das questões que o incomodam.

Psicoterapia é um marco na vida da pessoa porque é a antessala de sólidas mudanças, com o escopo de promover o  bem estar biopsicossocial.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Como Constrir um Casamento Feliz !

O casamento é  uma obra prima a ser esculpida à quatro mãos, assim como  um vaso de barro. Para  que  o barro chegue a ser uma obra prima, há todo um processo.  A começar pela escolha do barro, há que se escolher por um barro com plasticidade.

Assim também na vida a dois, é preciso ter plasticidade, que é a capacidade fundamental de se moldar em harmonia a cada movimento e mudança na vida ou relacionamento  como a chegada dos filhos, uma doença, aposentadoria, morte de familiares, desemprego. E logo após, vem a fase do curtimento do barro.

Fazendo um cotejo com o casamento, o curtimento é aquela fase em que o resto do mundo parece não ter muita importância, os dois se curtem, é uma fase deliciosa no casamento.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Como funciona a Terapia de Casal?

A principal pergunta dos pacientes ao agendarem a primeira consulta é: Como funciona a Terapia de Casal?

Na primeira sessão de casal é feita uma anamnese para identificar a demanda do casal, pensamentos, sentimentos e comportamentos que tornam o relacionamento disfuncional.

Cada cônjuge terá seu espaço para expor suas motivações, o que será intermediado pelo terapeuta de casal, o que torna a comunicação eficaz entre o casal.  

Posteriormente é realizado uma sessão individual com  cada conjugue, com o escopo de identificar quais são os conflitos diádicos e quais são os conflitos individuais que estão influenciando no casamento.  

Com base nestas três sessões, será desenvolvido um plano terapêutico para promover as mudanças necessárias e almejadas para que o casamento seja funcional e prazeroso  para ambos.
Texto da Psicóloga Lilian Ramos

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Terapia Familiar

 A Terapia Familiar tem o escopo de auxiliar as pessoas a desenvolverem relacionamentos saudáveis, pois a família tem em papel fundamental na nossa vida.
A Família é o primeiro ente social em que somos inseridos, aprendemos, absorvemos e desenvolvemos valores, conceitos, sentimentos, emoções, concepção de mundo e principalmente quem somos, como nos comportamos frente a diferentes pessoas e diferentes situações, isso  contribui  para nosso "modus vivendi". 

domingo, 2 de outubro de 2016

Filhos após Divorcio

O divórcio é um  momento de grande instabilidade emocional na vida da criança e muitas vezes os pais estão tão abalados emocionalmente ou envolvidos demais com planos de partilha, pensão alimentícia, nova moradia, mágoas do ex cônjuge,  que isso acaba refletindo no seu relacionamento com o filho.


Nesta fase é muito importante procurar ajuda de uma psicóloga para orientar os pais de como formatar uma nova dinâmica  para a criança em ambas as residências. Bem como fazer uma divisão das responsabilidades com a criança de tal sorte que nenhum dos pais fique sobrecarregado e portanto tenha higidez psíquica para atender aos interesses do filho e promover o bem estar tanto das crianças como dos filhos adolescentes  By Psicóloga Lilian Ramos

domingo, 28 de agosto de 2016

Zona de Conforto

Entrar na caixinha e se acomodar na zona de conforto muitas vezes é uma forma de esconder o medo da mudança, de novos desafios.
Embora a zona de conforto  cause  certo embaraço, a mudança tende a ser amedrontadora., essa trama de embaraço e  medo paralisa a pessoa emocionalmente.

 A terapia tem por finalidade dar o start na vida da pessoa para que consiga vencer o medo do diferente e do inesperado.  Abordando  o universo psicológico, equacionando as funções mentais e motivações,  amenizando  o grau de sofrimento emocional e restabelecendo  o  autogerenciamento.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Como transformar INTENÇÃO em REALIZAÇÃO!

O primeiro passo para  transformar intenção em ação é fazer um PROJETO DE VIDA, para mapear o caminho a ser percorrido, pois quem não sabe aonde quer chegar, QUALQUER CAMINHO SERVE. Para isso é importante fazer uma  reflexão sobre sua missão de vida.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Metamorfoses na Terapia

Como dizia Raul Seixas:-"Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. Sobre o que é o amor. Sobre eu nem sei quem sou"

As metamorfoses e metanóias fazem parte da história das pessoas que tiveram grandes conquistas. Deixar o velho e seguir para o novo exige coragem.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Inteligência Emocional

A inteligência emocional nada mais é que a capacidade de responder de forma adequada as situações, identificando e gerenciando seus próprios sentimentos e dos outros. Pessoas que desenvolvem essas potencialidades chegam mais longe.

As habilidades a serem desenvolvidas na terapia são:
Autoconhecimento Emocional - reconhecer as próprias emoções e sentimentos, pensamentos e comportamentos.
Reconhecimento das pessoas - reconhecer no outro sentimentos, pensamentos e comportamentos de forma empática
Automotivação  -  ter a realização pessoal como objetivo de vida e tomar  atitudes nesta direção;
Relacionamentos interpessoais - capacidade de construir relacionamentos  com flexibilização social

Controle Emocional -  autogerenciar-se  nas diferentes experiências
Invista na sua inteligência emocional fazendo terapia. By Lilian Ramos

terça-feira, 10 de maio de 2016

Comunicação Eficaz

Muitos casamentos estão fadados ao insucesso devido a uma comunicação truncada, omissa, agressiva, mas principalmente devido  uma escuta autoreferenciada.

Se falam mas não se comunicam, lançam palavras ao vento, mas não conversam daquilo que realmente é importante para o casal.
Administram conflitos, ao invés de tentar impedi-los. Reclamam do tédio relacional, mas não planejam uma vida feliz.
As falhas na comunicação acabam por distanciar o casal, de tal forma que cada um se encastela no seu forte. A comunicação assertiva é uma ponte entre  os fortes que os separam.

A palavra pode ser um diamante ou uma dinamite na vida do casal. By Psicóloga Lilian Ramos

terça-feira, 5 de abril de 2016

Um Admirável Mundo Novo

Muitas pessoas acabam tendo um grande sofrimento emocional antes de marcar a primeira sessão de terapia. Então  esse texto tem o escopo de encoraja-lo(a) a agendar uma primeira consulta, oportunidade em que conversaremos mais a respeito

quarta-feira, 23 de março de 2016

Quando a Mágoa e a Culpa Moram Juntas

O adultério é uma dor incalculável, sofre tanto o adultero como o cônjuge, e o melhor remédio para essa dor é o amor. Esse post não é uma receita, mas uma reflexão.
Ao descobrir a traição, o cônjuge sente uma profunda mágoa e não raras vezes tenta entender as motivações do outro, o que é inócuo, pois a lógica não alcança a compreensão.
O adultero por sua vez sente culpa não só pelo que fez, mas principalmente pelo sofrimento que vê estampado no rosto do cônjuge. A dor emocional causada dá o start na culpa do adúltero.
Quando a mágoa e a culpa moram juntas o melhor a fazer é 


terça-feira, 22 de março de 2016

Terapia Infantil

As crianças sempre nos alegram e surpreendem com os seus mundos encantados de beleza e espontaneidade. Mas é preciso que os pais sempre estejam atentos para qualquer mudança de comportamento.

Caso a criança comece a apresentar comportamento agressivo, apatia, enurese noturna, indisciplina escolar, entre outros deve ser objeto de investigação e avaliação psicológica.  
Os pais devem procurar orientação psicológica de como agirem e estar inseridos em todo o processo terapêutico.


A Melhor Maneira de Ser Feliz...

Essa frase do Jô recordou-me um lindo  poema, cujo autor desconheço, que diz::

Se eu me amo, não sei te odiar,
se eu me odeio não sei te amar.
Se eu me perco, não sei te encontrar,

se me encontro, não sei te perder,
Se eu me aceito, não sei te rejeitar,
 se eu me rejeito não sei te aceitar...

O amor começa em mim, e o outro só acrescenta e intensifica esse amor, porque estou com ele, com o meu amor, por escolha  e não for falta de...
Reflita !

Texto da Psicóloga Lilian Ramos - Curitiba

Depressão

Depressão é mais que uma tristeza, é uma doença que  se caracteriza pela presença de  alguns dos sintomas  infra mencionados, por mais de duas semanas, quais sejam:
-tristeza que perdura a maior parte do tempo e não situacional,
-distúrbio do sono (sono interrompido, despertar precoce, insônia ou  sonolência excessiva )
- perda do apetite ou aumento de peso
-dificuldade de concentração,
-dificuldade de memória,
-fadiga,
-choro,
-sentimentos de menos valia
-desesperança frente a vida
-anedonia, que vem a  ser, interesse ou prazer diminuído para fazer as coisas.
-baixa libido
-sentimento de culpa
-cansaço e falta de energia

segunda-feira, 21 de março de 2016

INFIDELIDADE é o caminho da INfelicidade

 A infidelidade é o caminho da infelicidade, marcado por várias fases. Muitas pessoas iniciam essa caminhada, mas não sabem aonde vão chegar e quando se apercebem estão envoltos numa situação que causa desconforto para si e par a outro para se dizer o menos.

A primeira fase parece muito saborosa, para todos aqueles que já não tem mais uma vida satisfatória, o gosto do proibido aguça o paladar de quem tem uma vida insossa.

Muitos de encantam com esse momento, e se entregam cada vez mais ao prazer imediato, ao descompromisso consigo e com o outro.

Comunicação Eficaz no Casamento

A linguagem amorosa edifica um casamento, mas é a escuta amorosa que o mantém.
Muitos casamentos estão fadados ao insucesso devido a uma comunicação truncada, omissa, agressiva, mas principalmente devido  uma escuta autoreferenciada.
Se falam mas não se comunicam, lançam palavras ao vento, mas não conversam daquilo que realmente é importante para o casal.

Ter razão ou ser feliz?

Não existem casamentos perfeitos, porque não existem pessoas perfeitas. Sendo assim, é preciso aprender a viver com a sua imperfeição , porque ficará mais fácil conviver com a  do seu cônjuge.

Administrar bem as falhas, faltas, diferenças, aborrecimentos é primordial para que haja parcimônia no casamento.

Chega de Faz de Conta

Durante a infância são feitas várias inscrições psicológicas em nós, as quais acabam permeando nossas escolhas, expectativas e comportamento durante toda a nossa vida.

Quantos de nós lemos e acreditamos nos contos infantis e  acreditou na frase: " E viveram felizes para sempre"?

Quantos de nós acreditamos que no final a fera se transforma num homem de verdade, que a Cinderela

Criar uma Vida Feliz- Seis Passos para Conquistar !

Criar uma vida feliz e não esperar por um acontecimento é desafiador. Não deixe a felicidade para quando casar, terminar a faculdade, ter o primeiro filho,  aposentar, comprar uma casa no campo ou na cidade... isso até poderia ser refrão de música. Precisa ser um vivente e não sobrevivente até chegar o que almeja em sua vida, até alcançar seus sonhos. A felicidade tem que ser a sua conquista de hoje!!

Filhos Brilhantes Alunos Fascinantes

Bons filhos conhecem o prefácio da história de seus pais Filhos brilhantes vão muito mais longe, conhecem os capítulos mais importantes das suas vidas.
Bons jovens se preparam para o sucesso. Jovens brilhantes se preparam para as derrotas. Eles sabem que a vida é um contrato de risco e que não há caminhos sem acidentes.
Bons jóvens têm sonhos ou disciplina. Jovens brilhantes têm sonhos e disciplina. Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas, que nunca transformam seus sonhos em realidade, e disciplina sem sonhos produz servos, pessoas que executam ordens, que fazem tudo automaticamente e sem pensar.
Bons alunos escondem certas intenções, mas alunos fascinantes são transparentes.

Evite Stress - Técnica ASO

Simplificar é tornar menos complicado. Para conseguir isso é preciso organização e planejamento. Já percebeu que o que lhe tira o bom humor muitas vezes são as coisas de última hora.

Faça uma lista de suas atividades diárias por uma semana e tente verificar o que pode delegar, descomplicar e se desfazer. Uma avaliação multifocal da sua vida

E crie uma rotina agradável, faça um check list e inclua momentos de lazer, atividade física e descanso e relaxamento


 Avalie - Simplifique -Organize  

Filhos Adolescentes

Muitos pais tentam se comunicar de forma equivocada com seus filhos e esses se fecham ainda mais em seus mundos paralelos. Às vezes, isso ocorre por que a ausência de entendimento desta fase pela sociedade faz com que ela os rejeite, rotulando-os que adolescente é um bicho diferente.
Adolescência é uma fase do desenvolvimento em que os filhos vão à busca de sua própria identidade, social, sexual, espiritual e amorosa e enfrentam um processo de transformação intenso no corpo e na psique de tal forma que ora se comportam como crianças, ora como adultos.
Os pais precisam de serenidade, para enfrentarem junto com os filhos essa fase, pois vão se deparar pela primeira vez com assuntos como droga, sexo, trânsito, escolha profissional, namoro e tantas outras questões.

domingo, 13 de março de 2016

Crise Conjugal - Perigo ou Oportunidade?

São inúmeras as variáveis que influenciam a vida no casamento e quando não alinhadas entre o casal, podem motivar as crises  conjugais.
As crises podem ser uma excelente oportunidade de crescimento conjugal ou um perigo, vai depender de como administram-a.
 Crise, é basicamente duas forças opostas agindo sobre o mesmo fato. provocando  dor emocional e disparidade entre o casal.
Toda a crise é um convite a  mudança de paradigma.

Quando a luz vermelha do perigo acende no painel do relacionamento, é o momento do casal  buscar ajuda profissional. Lembrando que o caos precede as conquistas,  toas as vezes que é acompanhado de  ATITUDES SAUDÁVEIS ! 
Texto da Psicóloga Lilian Ramos   (41)9987-2507 /  3263-2080 / 3262-8297

Superação ou Super Ação?

A SUPERAÇÃO exige um conjunto de ações frente a dificuldade vivida. É preciso ter uma visão otimista frente à realidade, por mais triste que seja. 

É importante administrar a dificuldade para não ser administrado por ela.

O caminho é fazer o que tem que ser feito, mesmo que isso implique em dor, seja física e/ou emocional. Bem como se concentrar na solução do problema e não nas causas e consequências vividas.

Não se entregar a autopiedade e sonhar com um futuro melhor de paz e amor ajudarão a aplacar o medo e a incerteza. Pense que a super ação será uma fase e não um destino.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Orientação Vocacional e Profissional

A Orientação vocacional e profissional para estudantes  é realizada em seis encontros::
1º - entrevista e aplicação de  teste  de perfil psicológico
2º- entrevista, inventários e teste de aptidões.
3º-entrevista e aplicação de técnicas projetivas, visando o autoconhecimento.
 4º aplicação de testes de interesses e orientação (conhecimento de profissões e mercado de trabalho)
5º entrevista, avaliação de valores, potencialidades e planejamento do futuro.
6º entrevista com os pais (havendo interesse), processo de escolha e influência familiar.

Após os seis encontros será realizado entrevista devolutiva     
 Texto da Psicóloga Lilian Ramos  (41)9987-2507   Consultório (41) 3263-2080/ (41) 3262-8297

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Pilares da Autoestima

A valoração que a pessoa confere a si mesma está intimamente ligada com três pilares:
AUTOCONHECIMENTO

 Conhecer seus valores, suas fraquezas e fortalezas é  primordial para a pessoa ter autorrealização e desenvolver-se , bem como  reconhecer a sua excelência. Quais são as áreas em que tem expertise? Em que você é bom?

AUTODESEMPENHO É um processo que ocorre ao longo da vida, com o desenvolvimento de competências e esta intimamente ligado as escolhas. Importante ressaltar :Você é muito mais que os seus resultados !
AUTOCONFIANÇA

Ninguém precisa se sentir um fracasso, ainda que passando por dificuldades( desemprego, divórcio, ou qualquer outra situação negativa).
Autoconfiança é uma postura positiva com relação a si mesma,  a confiança que a pessoa deposita nela independentemente  do resultado alcançado.
A pessoa não pode se descaracterizar, nem se desvalorizar  como sujeito, sob pena de condenar a si mesmo a uma estima baixa.

A psicoterapia, é uma ferramenta que pode ajudar a pessoa a desconstruir concepções errôneas a respeito de si mesmo e  promover a mudança de paradigma. By Lilian Ramos

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Sinais de Que Precisa Fazer Terapia

  • Você teve uma perda significativa e como não consegue elaborar o luto
  • Desemprenho profissional aquém de sua capacidade
  • Dificuldade de memoria, concentração, irritabilidade.
  • Falta de satisfação em atividades prazerosas
  • Isolamento social e dificuldade nos relacionamentos interpessoais
  • Baixa estima e sentimento de menos valia
  • Distúrbio do sono (insônia, despertar precoce, sono interrompido ou sono excessivo)
  • Tristeza persistente e imotivada
  • Uso de álcool, medicações, alimento e  rogas para anestesiar a dor emocional
  • Dificuldade de  autorrealização e amor próprio

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

O Poder da Família no Tratamento da Depressão


A depressão é um transtorno que afeta bruscamente a vida da pessoa e de todo o sistema familiar. Estudos apontam que a falta de conhecimento dos familiares a respeito do que seja a depressão, leva-os a reações negativas  frente ao comportamento deprimido do familiar, o que pode agravar  ainda mais  o quadro do paciente, haja visto que muitas vezes instala-se um ambiente de rejeição.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Depressão

Depressão é  mais que uma tristeza, é uma doença que se caracteriza pela presença de  alguns dos sintomas infra mencionados, por mais de duas semanas, quais sejam:
  1. -tristeza que perdura a maior parte do tempo e não situacional
  2. -distúrbio do sono
  3. - distúrbio alimentar
  4. -dificuldade de concentração
  5. -dificuldade de memória
  6. -fadiga
  7. -choro
  8. -sentimentos de menos valia

sábado, 2 de janeiro de 2016

Autoestima x Autoimagem

Autoestima  é a capacidade que a pessoa tem de estimar-se. É ter uma visão positiva de si mesmo e apreciar-se incondicionalmente e, por conseguinte ser uma pessoa centrada, com capacidade de autogerenciamento.

 Ela determina a forma como a pessoa se relaciona consigo mesmo e com os outros. É preciso ter um caso de amor consigo mesmo, para poder amar o outro.

A medida que a pessoa se acolhe , se cuida, se admira pela pessoa que é, e acima de tudo administra de forma saudável suas limitações, fica muito mais fácil aceitar as limitações dos outros.

A autoestima não pode ser confundida com autoimagem!

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Reflexões sobre Educação Sexual

De modo geral, o amor que os pais têm pelos filhos leva-os a mostrar os melhores caminhos ao longo da infância e adolescência, e essa coletânea de informações, valores, atitudes, sentimentos e conhecimentos, somados ao genótipo e fenótipo determina a identidade, que é na verdade o conjunto de características individuais  na forma de sentir, pensar e agir.

Os pais são para os filhos como a vara guia para o cego, mostrando qual o caminho seguro. São agentes fundamentais na formação e educação dos filhos, contudo, no que tange a educação sexual, tem sido silentes.

A educação é o processo contínuo de informação, formação, ensino e aprendizagem com o escopo de  promover o desenvolvimento biopsicossocial da pessoa, a fim de integrá-la na sociedade .

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Superando Conflitos no Casamento

Psicóloga Lilian Ramos

O filme Prova de Fogo é um ícone de superação de conflitos no casamento. Em breves linhas, o filme traz lições de como superar e reacender a chama do amor, mesmo quando tudo já parece perdido.

 A seguir algumas frases do referido filme que podem iluminar o caminho de todos aqueles que acreditam no amor e no casamento.

3."Aquilo em que você investe tempo, energia e dinheiro, se tornará mais importante para você. É difícil se importar com algo em que não investiu."
Isso é muito interessante, investe-se em média 80 horas mensais, cinco anos, tempo, dinheiro e energia, muita energia com aulas, trabalhos, papers, provas, dissertações, num curso superior para se tornar expertise num determinado assunto.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Casamento Emocional

Gosto de usar a expressão (casamento emocional), pois acredito que o grande desafio do casamento  é justamente o encontro das almas.
Sonhamos com a festa, elegemos os padrinhos, escolhemos os adornos da decoração, o vestido da noiva, as músicas, Tudo isso é uma delícia, mas e depois.... raramente  conversamos e planejamos uma vida a dois.

O casamento civil, religioso faz parte do imaginário das pessoas, mas pouco se fala do encontro das emoções. Até que ponto é preciso ceder sem se despersonalizar e até que ponto é preciso se reafirmar, sem ser egoísta. Click em mais informações e continue lendo...
Texto da Psicóloga Lilian Ramos  (41)9987-2507   Consultório (41) 3263-2080

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Linguagens do Amor

Todas as pessoas tem necessidade de sentirem aceitas e amadas. E  o amor sem dúvida é multiforme e  tem inúmeras linguagens. O Dr. Gary Chapman, cinco linguagens predominantes, quais sejam: 
1. Toque físico
As pesquisas mostram que as crianças mais acariciadas serão adultos mais seguros, bem como que as pessoas que são tocadas desenvolvem menos doenças.
Carícias, abraços, beijos, qualquer tipo de toque físico são formas poderosas de expressar o amor de forma efetiva.
Essa é a linguagem predileta dos homens, sentem-se especialmente amados ao  serem tocados.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Sinais de Um Casamento Disfuncional

A terapia de casal ajuda o casal a identificar padrões de comportamento disfuncionais e encontrar alternativas para um relacionamento satisfatório. Se você identifica alguns desses sinais procure ajuda.
·                     Sentir solidão a dois.
·                     Infidelidade Conjugal
·                     Dificuldade com a família do cônjuge
·                     Desarmonia com relação a educação dos filhos
·                     Falta de compromisso de um dos cônjuges

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Sinais de um Casamento Disfuncional

A terapia de casal ajuda o casal a identificar padrões de comportamento disfuncionais e encontrar alternativas para um relacionamento satisfatório. Se você identifica alguns desses sinais procure ajuda
  • Sentir solidão a dois.
  • Infidelidade Conjugal
  • Dificuldade com a família do cônjuge
  • Desarmonia com relação a educação dos filhos
  • Falta de compromisso de um dos cônjuges
  • Isolamento social  Click em mais informações e continue lendo ...

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Psicoterapia

A Psicoterapia amplia a visão que a pessoa tem de si mesmo, do outro e do mundo, como se verifica na figura acima onde uma mesma figura contem várias imagens.

Para viver em equilíbrio não é possível ter uma visão envelhecida de si mesmo e do mundo, por que ambos estão em constantes mudanças.
Como diz a frase do livro Não Apresse o Rio: Um homem nunca passa duas vezes pelo mesmo rio, pois quando voltar ele não será o mesmo homem, nem existirá o mesmo rio.

A terapia tem o escopo de promover o bem estar biopsicossocial da pessoa e de fazer mudanças profundas e significativas de tal sorte que a pessoa sente-se mais feliz e realizada. Texto da Psicóloga  Lilian Domini Ramos

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Dez Passos para Criar um Delinquente

1- Comece, na infância, a dar ao seu filho tudo o que ele quiser. Assim, quando ele crescer, ele acreditará que o mundo tem obrigação de lhe dar o que deseja;

 2- Quando ele disser nomes feios, ache graça. Isso o fará considerar-se interessante;

 3- Nunca lhe dê orientação religiosa. Espere até que “ele chegue aos 18 anos, para que ele decida por si mesmo”;

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Terapia de Casal

Autora: Psicóloga Lilian Ramos


A aliança é com certeza o símbolo mais forte do casamento, e não o é por acaso. A aliança é um elo ininterrupto que não tem começo, nem fim, e todos, sem exceção, ao se casarem tem o forte desejo que seja para sempre.

Basta vermos os votos nas celebrações de casamento, (até que a morte nos separe) as histórias infantis ( e foram felizes para sempre) e os inúmeros filmes românticos que povoam o imaginários das pessoas para constatar que amar e ser amado pelo cônjuge  ad infinitum é o desejo das pessoas.

Mas a intromissão do cotidiano, remete os casais há um desafio diário do exercício  do amor para uma convivência harmoniosa. Pois nem sempre as similitudes prevalecerão as diferenças.

A terapia de casal  tem como escopo amainar os egos em prol da edificação da identidade conjugal, é um processo em que a individualidade de cada um dos cônjuges precisa dar espaço a conjugalidade.

Na verdade num casamento, sempre há três mundo, o teu, o meu e o nosso, faz-se mister que o casal constitua uma identidade conjugal,  sem destruir a identidade individual de cada um deles!!

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Ter razão ou ser feliz?











Não existem casamentos perfeitos, porque não existem pessoas perfeitas. Sendo assim, é preciso aprender a viver com a sua imperfeição , porque ficará mais fácil conviver com a  do seu cônjuge.


 Administrar bem as falhas, faltas, diferenças, aborrecimentos é primordial para que haja parcimônia no casamento.
  
As próprias faltas e falhas são muitas vezes justificadas para si mesmo, ou senão ao menos atenuadas, acomodadas dentro do seu coração numa espécie de autoacolhimento. Mas as falhas e faltas dos outros costumam incomodar sobremaneira. 

Isso ocorre porque a falha do outro acaba por transparecer a sua, e isso gera desconforto. E logo a posição a ser tomada é a de julgamento e acusação. Todos procuram  um culpado o tempo todo, como se já não soubesse que o outro assim como você não é dotado de perfeição.

O outro por sua vez ora procura defender-se, ora atacar, o que causa  discussões desnecessárias e desgastes no relacionamento.

Aquela célebre frase, você quer ser feliz ou ter razão?

Qual é a vantagem no casamento quando um ganha a discussão o outro perde?

Se você quer ser feliz, precisa mudar seus paradigmas, partindo do pressuposto que para ser feliz as vezes é preciso perder a razão, é preciso dar lugar para o coração, e deixar entrar em cena o amor.

E como falar de amor, sem falar de perdão, impossível porque são companheiros fiéis e inseparáveis.
Só o perdão, que nada mais é que a remissão, libertação do outro imerecidamente. 

É mais ou menos assim: Eu não gostei do que você fez, mas eu te perdôo porque te amo e quero você em minha vida. e mais,  gostaria que em nome do nosso amor isso não tornasse a acontecer.

Você não terá um casamento perfeito, mas aperfeiçoado pelo amor e  pelo perdão.
Texto da Psicóloga  e Terapeuta Lilian Ramos